envie mensagem: click no botão no fim da pagina
               "enviar uma nova questão"

Tema: Código de Trânsito

Desvio de processo de aposentadoria, enviado por Antonio Berlucci em 30/09/2011 11:39:15
Caros Colegas, Estou iniciando na advocacia e me deparei com uma situação inesperada: Os autos do processo de aposentadoria de meu cliente foi perdido dentro da agencia do INSS local,eles não encontram. Ja usei varias vezes da Ouvidoria da Previdencia Social, postando meu problema, mas até apresente data nada aconteceu.Pergunto: Existe Algo que eu possa fazer judicialmente? Preciso ver esses autos pois meu cliente se julga prejudicado no cálculo do seu beneficio. Desde ja agradeço.
Veja as resposta deste item   Responda a este item




Herança, enviado por sandra em 07/04/2011 00:40:05
Os meus sogros morreram em 2009;como cunhada abri o inventario e 5 dos 6 herdeiros estão de acordo com o mesmo,com a venda do referido imovel. Pagamos apenas ITCMDS incidente,dividido p/5.Um dos herdeiros não quer pagar pelo inventario e não concorda com a venda. Ele está com o imovel alugado desde 2006,são 3 casas no mesmo terreno.;somente ele recebe até hoje dia 03/04/11.Moravam com minha cunhada os meus sogros. Agora temos que pagar pela escritura,registro e ninguém tem mais dinheiro pois alguns estão com problemas serios de saúde,assim como eu. COMO DEVO PROCEDER?!SOMENTE COM OS ITCMDS PAGO E PROCURAÇÃO DOS OUTROS 4 HERDEIROS,POSSO PEDIR EXTINÇÃO DE CONDOMINIO DESTE HERDEIRO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DO QUE VEM RECEBENDO PARA SER DESCONTADO QUANDO DA VENDA DESTE IMOVEL?!OU TEMOS QUE TERMINAR O INVENTARIO,FAZENDO A ESCRITURA E REGISTRANDO?!FUI AO FORUM DE PINHEIROS NA PEQUENAS CAUSAS E ELES NÃO ATENDEM pois temos o bem,TEREMOS QUE PROCURAR UM ADVOGADO,O ESTADO NÃO PODE FAZER?!NA CONCILIAÇÃO O HERDEIRO DISSE QUE NÃO VAI,NÃO É OBRIGADAO. O QUE PODEMOS FAZER PARA CONSEGUIRMOS RECEBER OS ALUGUEIS E PAGARMOS O INVENTARIO PARA COLOCARMOS A VENDA?!AGUARDO RESPOSTA.OBRIGADA.
Veja as resposta deste item   Responda a este item



multa2, enviado por Ariston Gomes Pereira em 09/02/2011 15:37:54
a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, é educativa e promove uma mudança cultural?
Veja as resposta deste item   Responda a este item



multa1, enviado por Ariston Gomes Pereira em 09/02/2011 15:05:14
a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, é educativa e promove uma mudança cultural?
Veja as resposta deste item   Responda a este item



não precisa pagar multa, enviado por Ariston Gomes Pereira em 05/02/2011 16:47:38
Em caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. Vá ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada. Art. 267. Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa. Código de Trânsito Brasileiro.
Veja as resposta deste item   Responda a este item



beneficios, enviado por diego figueiredo silva em 22/11/2010 11:56:43
quais sao os beneficios constituidos por lei de direito ao trabalhador?
Veja as resposta deste item   Responda a este item



multas, enviado por Maria Candida da Silva em 08/09/2010 16:26:24
Comprei um veiculo dia 26/07/2010, o mesmo foi faturado em 29/07,do dia 30 a 13/08 ficou na revisão até 11;25hs, e o retirei na mesma data as 18:45hs.Recebi duas multas com fotos indicando minha placa DSF0889,pelos detalhes o carro não é o meu,as lanternas são diferentes,as rodas,etc.O que eu faço? Qual a participação da concessionaria?De quem é a responsabilidade? Grata MCandida
Veja as resposta deste item   Responda a este item



Colisões Diferentes, enviado por Bruna Colantonio em 23/03/2010 12:12:54
Há três semanas atrás um terceiro colidiu seu veículo na traseira do meu veículo, o que fez com que eu acerta-se o veículo que estava a minha frente. Porém, uma semana após esse acidente, outro veículo passou no sinal vermelhor e acertou a frente/lateral direita do meu veículo. O responsável pelo primeiro acidente não quer efetuar o pagamento do reparo e por este motivo, entrarei com um processo no Juizado de Pequenas Causas, porém o carro encontra-se no conserto dos dois acidentes e a minha seguradora arcará com as despesas, sendo que eu tenho que pagar a franquia do veículo. Gostaria de saber se posso cobrar a franquia inteira do responsável pelo primeiro acidente, ou seria melhor cobrar o valor do orçamento cobrando pela Oficina Credenciada? Como devo proceder sendo que será paga apenas uma franquia para efetuar o conserto das duas colisões? Não sei qual valor atribuir a causa! No aguardo, Bruna
Veja as resposta deste item   Responda a este item



caso enrolado, enviado por Luiz em 13/01/2010 20:19:55
Gostaria do auxílio dos colegas sobre estes fatos: Meu cliente comprou um caminhao 79 através de uma financeira, até o momento ele tem apenas o recibo de venda, nao tendo transferido para seu nome Por problemas financeiros o mesmo encostou o bem e ia pagando as parcelas, então surgiu um conhecido que se interessou pelo caminhao, meu cliente explicou que se encontrava em dificil situação e que venderia pelo preço da quitaçao do financiamento...entao esse pseudo comprador foi testar o caminhao e levou o carnê para o cálculo do valor da quitaçao. Quando meu cliente foi saber do dinheiro, ficou sabendo que o comprador havia repassado para um terceiro...esse terceiro pra outro e outro...nesse rolo todo meu cliente está com nome sujo e a financeira lhe cobrando(nao há busca e apreensao), pois os possuidores atrasam, mas pagam... nao há documento algum, nada ...só há o recibo de venda assinado e registrado em nome de meu cliente e isso em 11/2008, o caminhao está rodando com o documento vencido de 2008 meu cliente informou a financeira sobre os problemas e a mesma aceita o bem como pagamento, quitaçao total da divida, mas o bem tem de estar com ele. Atualmente meu cliente sabe onde e com quem o bem está, tentou entrar num acordo, mas os mesmos nao aceitam transferir a dívida ou refinancia-lo, apenas desejam continuar pagando as parcelas, mas meu cliente teme pois já há dois meses em atraso Lhes pergunto qual a medida mais eficiente, pensei em entrar com uma cautelar de busca e apreensao com pedido de liminar inaudita ...e a principal declaratoria de inexistencia de relação juridica...estou correto? Desde já agradeço a atenção dos colegas
Veja as resposta deste item   Responda a este item



CNH, enviado por Guilherme em 26/11/2009 21:45:33
Uma pessoa com 16 anos, emancipada, pode pedir CNH no detran, ou pedir por motivos de doença na familia, e precisa de cnh para conduzir a pessoa doente na familia, ou em qualquer motivo, o Detran abre exeção para um menor de 16 anos?
Veja as resposta deste item   Responda a este item



MULTA, enviado por BABAL em 24/10/2009 18:16:19
OLÁ BOA TARDE,FUI INFORMADO POR UM AMIGO QUE O AGENTE DE TRANSITO DA SMTT,NÃO PODE PEDIR A DOCUMENTAÇÃO PARA APLICAR UMA MULTA.SEGUNDO ELE SÓ QUEM PODE FAZER ISSO SÃO OS POLICIAS DE TRANSITO EX:
Veja as resposta deste item   Responda a este item



Primeira Anterior  Próxima  Última 

Enviar uma Nova Questão

Os direitos autorais desta página são protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998