O CAMINHO DA DIREÇÃO DA INTEGRIDADE DA JUSTIÇA É REAFIRMADO

Supremo mantém poderes de investigação do CNJ. A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quinta-feira manter os poderes de investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Por 6 votos a 5, o STF reconheceu a autonomia do CNJ em abrir investigações.
Fonte:


Em 04/02/2012 19:41:15

Os direitos autorais desta página são protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998